Campanha critica preço da internet no Brasil e cobra acesso amplo - Pimenta Virtual

carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...

Campanha critica preço da internet no Brasil e cobra acesso amplo

Publicada em : 12/03/15 17:30 - Atualizada em : 12/03/15 17:30

temp

Mais de 60 entidades assinam uma carta entregue nesta quinta-feira, 12, ao ministro das comunicações, Ricardo Berzoini, cobrando medidas para universalizar o acesso à internet no Brasil. Elas reclamam do alto preço dos planos, da lentidão do sinal e do alcance insuficiente da banda larga no país.

A campanha Banda larga é um direito seu propõe uma série de alterações, entre elas:

  • Participação da sociedade civil no processo de inclusão digital
  • Prestação da banda larga sob regime público
  • Ampliação da definição de parâmetros de qualidade da banda larga
  • Apoio à cultura digital

O PNBL (Programa Nacional de Banda Larga) estabeleceu em 2010 duas grandes metas que deveriam ter sido alcançadas até o final de 2014: ampliação para 35 milhões de domicílios com acesso à internet fixa e disponibilização de uma rede nacional operada pela Telebras. 

No entanto, o relatório de avaliação do programa realizado pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal aponta que até dezembro, o número de locais com internet era de apenas 23,5 milhões, incluindo estabelecimentos comerciais. 

De acordo com a Consultoria Legislativa do Senado ainda há 38,4 milhões de famílias (mais de dois terços da população) sem internet.

 

Fonte: Olhar Digital

Campanha critica preço da internet no Brasil e cobra acesso amplo
temp

Comentários:

Os comentários aqui escritos não expressam a opinião deste site. Sendo assim, o conteúdo é de total responsabilidade do autor do comentário. Denuncie

Compartilhe:

©Copyright 2010-2019 Pimenta Virtual