Mulher que teve pescoço cortado com canivete pelo marido morre após 14 dias internada - Pimenta Virtual

carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...
carregando...

Mulher que teve pescoço cortado com canivete pelo marido morre após 14 dias internada

Publicada em : 08/01/19 14:07 - Atualizada em : 08/01/19 17:07

temp

Morreu nesta terça-feira (08), Solange de Almeida, 35 anos, que teve o pescoço cortado pelo próprio marido, Erivaldo Vital, de 27 anos, na manhã de Natal do ano passado (25), no bairro Jardim Atlântida, em Tangará da Serra (244 quilômetros de Cuiabá). Ela ficou 14 dias internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Conforme noticiado pelo Olhar Direto, Erivaldo apresentava sinais claros de embriaguez. O fato teria ocorrido após uma discussão entre os dois, logo pela manhã. O homem então pegou um canivete e partiu para cima da vítima, que foi atingida no pescoço, ainda dentro do quarto do casal.

 
Depois disto, o homem fugiu do local. Vizinhos acionaram a Polícia Militar e Solange foi resgatada às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade em estado grave.
 
O criminoso fugiu do local, mas foi encontrado em uma região de mata, no bairro Dona Júlia. Ele não teria demonstrado qualquer arrependimento e afirmado que o golpe seria para matar a mulher.
 
Os dois haviam se mudado há pouco tempo para Tangará da Serra, após saírem de Juína. Há algum tempo os dois já estariam se desentendendo.

Feminicídios

Na região metropolitana de Cuiabá e Várzea Grande foram registrados o assassinato de 17 mulheres, sendo 11 dos casos enquadrados na lei do feminicídio, quando  envolvem menosprezo ou discriminação à condição de mulher e violência doméstica e familiar (Lei nº 13.104, de 9 março de 2015). Todos os crimes tiveram os autores identificados, muitos deles presos por mandados de prisão ou em flagrante.

Em 2017, foram 16 casos, dos quais 8 foram tipificados como feminicídios nas investigações da Delegacia de Homicídios. Já em 2016 foram 11 mulheres, sendo 2 casos enquadrados como feminicídios.  No ano de 2015, foram 35 mulheres mortas e 6 tipificados como feminicídios.

Olhar Direto

Mulher que teve pescoço cortado com canivete pelo marido morre após 14 dias internada
temp

Comentários:

Os comentários aqui escritos não expressam a opinião deste site. Sendo assim, o conteúdo é de total responsabilidade do autor do comentário. Denuncie

Compartilhe:

©Copyright 2010-2019 Pimenta Virtual